terça-feira, 22 de maio de 2018

A FELICIDADE NA FAMÍLIA



Texto: Salmo 128
1 Bem-aventurado todo aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos.  
2 Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem.  
3 A tua mulher será como a videira frutífera, no interior da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira, ao redor da tua mesa.  
4 Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.  
5 De Sião o Senhor te abençoará; verás a prosperidade de Jerusalém por todos os dias da tua vida,  
6 e verás os filhos de teus filhos. A paz seja sobre Israel.

Introdução: Muitas pessoas buscam a felicidade pensando que ela seja como um tesouro que se descobre no fim da jornada. Mas felicidade é conhecida em como se vive mais do que aonde se chega.

Você já percebeu que quase sempre colocamos a nossa felicidade no condicional?

Frases como: “Ah! se eu tivesse um novo carro, então eu seria feliz” “Ah! se eu encontrasse uma esposa(o), aí, sim, eu seria feliz...” “Ah! Se eu conseguisse um trabalho melhor, sem dúvida eu seria feliz”.

É ótimo ter sonhos cada vez maiores. No entanto, quando você torna a sua felicidade condicional, você nunca parece ter condições de preencher tais condições, porque novos “ses” irão surgindo a cada passo.

Em lugar de colocar condições a respeito de sua felicidade, permita que ela aconteça em seu coração! “A alegria está no coração de quem já conhece a Jesus...”

Muitos buscam a felicidade no lugar errado: no dinheiro, no poder, na fama, no sucesso. Muitas pessoas chegam ao topo da pirâmide social, mas estão infelizes.

Exemplo disso, encontramos em Salomão que buscou felicidade em bebidas, sexo, poder e riquezas. (cap. 2 de Eclesiastes), mas, concluiu que tudo o que conquistou era vaidade e desejo vão. 

11 Então olhei eu para todas as obras que as minhas mãos haviam feito, como também para o trabalho que eu aplicara em fazê-las; e eis que tudo era vaidade e desejo vão, e proveito nenhum havia debaixo do sol.
 
A busca da felicidade a qualquer preço é o grande engano desta sociedade Hedonista.

“O novo individualismo é o velho narcisismo, onde cada pessoa pensa em si mesma como responsável por fazer de seu “eu” uma obra de arte.” Ed Rene Kivitz

Uma felicidade egoísta. Uma felicidade no pecado. Uma felicidade que custa o casamento e a vida dos filhos. Essa felicidade dura pouco e no fim tem um sabor amargo.

Quantas pessoas buscam a riqueza, mas esquecem do cônjuge e abandonam os filhos. 

Ló na busca da riqueza, levou sua família para Sodoma e perdeu sua família.

Davi para satisfazer um desejo sexual proibido com Bate-Seba, afundou sua família num mar de sangue, de conspirações e mortes.

Salomão na busca da felicidade em seus múltiplos casamentos, perdeu sua fé genuína em Deus.

A felicidade não pode ser construída em detrimento da família.

As pessoas mais felizes são aquelas que entenderam que a felicidade precisa estar centrada na família.

Quando lemos este salmo percebemos que a felicidade foi produzida pelo chefe desta família.

A Bíblia descreve, de forma maravilhosa, a felicidade da família quando esta se concentra nos princípios e ensinamentos divinos.  Neste texto eu quero destacar pelo menos quatro princípios para a felicidade familiar:

1- A FELICIDADE FAMILIAR ESTÁ NAQUELE
QUE TEME AO SENHOR E ANDA EM SEUS CAMINHOS.
1 “Bem-aventurado todo aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos”.

Como disse a nossa Bispa Hideíde, “A Felicidade de nossa família está relacionada a uma postura de vida” Que postura é essa?

- De temer ao Senhor e andar nos seus caminhos!

Esta felicidade está inseparavelmente relacionada com Deus. Ele é feliz porque “teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos”. Mas o que isso quer dizer?

Temer ao SENHOR implica em saber quem Ele é. É reconhecer Sua Grandeza, Sua Majestade, Sua Eternidade, Seu Poder, Sua Sabedoria, enfim, reconhecer que Ele é Deus.

Mas, temer a Deus implica também em reconhecer quem somos nós. É reconhecer que somos pecadores e falhos, e confessar nossa total insuficiência e incapacidade de administrar a nossa vida sem Deus.  

E uma vez que reconhecemos quem é Deus e sabemos quem somos, nos mantemos ou vivemos numa atitude de reverência, de respeito diante dele.  

A pessoa que não teme a Deus acredita que está livre de julgamentos. Ela acredita na impunidade e que suas ações não trazem consequência.

Em segundo lugar, lemos que este homem é feliz porque anda nos caminhos do SENHOR.

Andar nos caminhos do SENHOR, na linguagem dos Salmos significa viver em obediência aos mandamentos de Deus.

Portanto, este homem não vive de acordo com seus próprios preceitos, ou as filosofias do mundo, mas de acordo com a vontade de Deus revelada em Sua Palavra. Ele dirige sua vida, e a vida de sua família, pela Palavra de Deus.

Esse homem não é alguém que se aproxima de Deus apenas para buscar as bênçãos para ele e sua família.

Felicidade é uma consequência de um relacionamento correto com Deus.

Essa felicidade não chega até nós de maneira mística: acendendo velas, orando por fotos, usando sabonetes ou outros artifícios inventados pelos mercenários da fé.

Mas a bênção do Senhor chega até nós por pura graça, por Deus ter nos chamado a um relacionamento correto com Ele, por meio de Cristo.


2- A FELICIDADE FAMILIAR ESTÁ EM
DESFRUTAR DO FRUTO DE SEU TRABALHO.
2 “Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem”. 

Há pessoas que acham que serão felizes só quando se aposentar! Ou quando tiverem mais dinheiro ou riquezas!

Ser feliz inclui a bênção de trabalhar e usufruir dos frutos do trabalho (v.2).

Ouçam bem: “Do trabalho de tuas mãos comerás”.

A imagem do homem abençoado por Deus, não é a de um homem ganhando na loteria ou achando um tesouro, e com isso ficando rico rapidamente e tendo tudo que quer. Mas a imagem de um homem trabalhando.

Por isso, trabalho não é consequência da queda. O trabalho foi instituído por Deus antes mesmo de o homem pecar. Deus lhe deu a incumbência de cuidar e administrar o jardim.

A consequência da queda foi o desgaste, o cansaço...

Muitas pessoas julgam que a bênção de Deus na vida de um homem significa obter as coisas com pouco trabalho, com pouco esforço.

SER PRÓSPERO E FELIZ NÃO TEM NADA HAVER COM DINHEIRO! SER PRÓSPERO E FELIZ TEM HAVER COM SATISFAÇÃO, CONTENTAMENTO!

“Alguém disse que o problema do pobre é achar que o dinheiro resolve todos os seus problemas. E o problema do rico é ter a certeza de que não resolve!”

O homem feliz sabe desfrutar do trabalho de suas mãos!

Será que percebemos que a felicidade que temos em Deus abrange o trabalho e o usufruir dos frutos de nosso trabalho?

Você está feliz com o trabalho que Deus lhe deu? Está contente com o pão sobre sua mesa?


3- A FELICIDADE FAMILIAR ESTÁ
EM INVESTIR NAS PESSOAS AO SEU REDOR.
3 A tua mulher será como a videira frutífera, no interior da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira, ao redor da tua mesa.

Eu aprendo neste texto que as pessoas ao nosso redor, principalmente a nossa família são como plantas. Eles só produzem se forem bem cuidadas!    

A esposa do homem feliz é comparada a uma videira frutífera no interior de sua casa (produz uvas). Videira frutífera na cultura judaica envolve a ideia de uma mulher que tem muitos filhos.

A videira também envolve também a ideia de alegria. A videira produz uvas, das quais se faz o vinho. E o vinho na Bíblia é uma dádiva de Deus para alegrar o coração dos homens. Assim essa mulher é vista como fonte de alegria de seu marido, ele se alegra nela.

Os filhos do homem feliz são comparados a rebentos de oliveira ao redor de sua mesa. A oliveira produz azeitonas das quais se faz o azeite.

Os filhos “sentados ao redor da mesa” nos transmitem a visão de uma família unida e em paz, uma família que tem seus filhos vivendo em harmonia com os seus pais.

Investir em nosso relacionamento familiar é o melhor que fazemos a nossa felicidade.

4- A FELICIDADE FAMILIAR ESTÁ
EM SER ABENÇOADO POR DEUS.
4 Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.  
5 De Sião o Senhor te abençoará; verás a prosperidade de Jerusalém por todos os dias da tua vida,  
6 e verás os filhos de teus filhos. A paz seja sobre Israel.

Uma frase muito comum no quarto de alguns adolescentes e jovens é: “Deus abençoe esta bagunça” Será?

- Deus não abençoa bagunça! Deus olha gosta de ordem e organização!

Isaías 45.18 “Porque assim diz o SENHOR, que criou os céus, o Deus que formou a terra, que a fez e a estabeleceu; que não a criou para ser um caos, mas para ser habitada: Eu sou o SENHOR, e não há outro.”

O profeta Isaias ao dizer que Deus virou os céus e formou a terra está se referindo ao Gênesis.

E quando ele decidiu criar todas as coisas ele o fez de modo organizado. O profeta Isaias asseverou: “Que não a criou para ser um caos”. Ou seja... Deus não criou o Universo, as coisas visíveis e invisíveis para confusão, desordem e caos. Pelo contrário Deus criou tudo em perfeita ordem e harmonia

Da mesma forma deve ser a nossa família. Uma família feliz e abençoada por Deus não aceita a desordem como algo natural.

E essa benção transborda para a nossa cidade! Para as pessoas ao nosso redor!

Por isso o versículo 5 diz: “De Sião o Senhor te abençoará; verás a prosperidade de Jerusalém por todos os dias da tua vida.”

Essa benção transborda também para a nossa posteridade.   

A bênção final é ver a nossa posteridade!

6 “e verás os filhos de teus filhos...”

“As coisas que duram não são as coisas que a gente faz, mas as vidas que a gente toca.” Bispa Hideíde

CONCLUSÃO: Deus estabeleceu Padrões Divinos e Eternos para a Família. Padrões estes imutáveis, permanentes e que apesar de todas as mudanças que vão sendo geradas no seio familiar pelas pressões modernas, eles permanecem, não mudam, mas continuam prevalecendo, atendendo assim as palavras de Jesus que disse: “Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão” (Mt. 24: 35).
Nosso desafio enquanto Família Cristã é frutificar em meio à crise, fecundar em meio à inexistência. Em meio ao caos das relações familiares semear as sementes de Deus a fim de que gerem as verdades Divinas para as famílias desta Nação.

Igreja Metodista em Catalão-GO
Pr. Gilberto Oliveira Rehder

terça-feira, 15 de maio de 2018

O PODER DA INFLUÊNCIA DE UMA MÃE



Texto: 2 Timóteo 1:3-5
3 Dou graças a Deus, a quem desde os meus antepassados sirvo com uma consciência pura, de que sem cessar faço menção de ti em minhas súplicas de noite e de dia;  
4 e, recordando-me das tuas lágrimas, desejo muito ver-te, para me encher de gozo;  
5 trazendo à memória a fé não fingida que há em ti, a qual habitou primeiro em tua avó Loide, e em tua mãe Eunice e estou certo de que também habita em ti.

Introdução: Há um ditado antigo que talvez você já tenha ouvido falar que diz: “A mão que embala o berço, governa o mundo.” É necessário que cada mãe reconheça o poder que têm para influenciar seus filhos tanto para o bem como para o mal.

Na verdade, a primeira influência que uma criança recebe é de sua mãe. Estudos já comprovam que tudo que a mãe faz ou sente, o bebê absorve em forma de memória inconsciente e isso pode influenciá-la pós-nascimento.   

Em Ezequiel 16:44 há um proverbio confirmando esta verdade “Eis que todo o que usa de provérbios usará contra ti deste provérbio: Tal mãe, tal filha”.

Cada palavra que sai da sua boca, cada ação e até mesmo o seu jeito de se andar, de sentar e de se expressar irá influenciar teus filhos.

Em uma Igreja, uma jovem mãe estava com o seu bebê no colo, tendo uma bíblia aberta na mão. Outra irmã da igreja então lhe perguntou: “ Você está lendo a bíblia para o seu bebê?”
- “Sim”, respondeu aquela mãe.
- A irmã então replicou “Você realmente não pensa que ela vai entende-la, não é?”
- “Não” disse a mãe, “ele não vai entender agora, mas desejo que a primeira recordação que ela tenha, seja de estar vendo e ouvindo a Palavra de Deus”.

Hoje, mais do que nunca, há uma urgente necessidade de mães que sejam possuidoras de um caráter cristão; mães que educarão os seus filhos no caminho do Senhor.

Ainda que seus filhos no decorrer da vida recebam outras influências como da escola, de amigos e etc.. Nenhuma outra força na vida de uma criança é tão poderosa em influência como a da mãe.

Muitos homens famosos foram influenciados por suas mães.

- A mãe de Nero era gananciosa, sensual e assassina.

- Suzana Wesley, mãe de João e Carlos Wesley (que deram origem ao movimento metodista) teve uma influencia positiva e decisiva na vida de seus filhos.  O bem-estar espiritual de cada um de seus dezenove dos filhos interessava muito a Susanna. Ela separava uma hora por semana para estar particularmente com cada um, a fim de conversar sobre assuntos espirituais.  

Seus filhos eram alfabetizados por ela com cinco anos de idade. E logo após eles aprendiam a ler a bíblia.

Ela lhes deu uma apreciação das coisas do Espírito e levou avante esse ensinamento até seus anos de maturidade. Mesmo já idosa, seu filho John ainda vinha até a sua devota mãe por conselhos.

Napoleão disse certa vez: “O destino de uma nação está sempre nas mãos de uma mãe.”

Voltando ao nosso texto de 1 Timóteo1:3-5, vamos aprender com base na vida da mãe e da avó de Timóteo como uma mãe cristã pode exercer uma influência poderosa, espiritual e determinante na vida de seus filhos.

1- PARA EXERCER UMA INFLUÊNCIA PODEROSA
É PRECISO SUPERAR AS BARREIRAS.

Para influenciar nossos filhos a colocarem a sua fé em Cristo e a seguir os ensinos da Palavra de Deus precisamos superar várias barreiras.

- As barreiras do secularismo e relativismo ideológico
- As barreiras da falta de tempo.
- As barreiras econômicas e etc...

No caso da mãe de Timóteo foi a barreira de um casamento misto.  Sabemos que quando um casal não compartilha da mesma fé em Cristo é muito difícil ensinar os filhos em uma mesma direção. 

A pergunta de Amós ecoa solenemente: “andarão dois juntos se não houver entre eles acordo?” (Am 3.3)

No Novo Testamento vemos o mesmo princípio. “Que comunhão entre a luz e as trevas, entre o crente e o incrédulo?” (1 Co 7.14-15)

Note que neste texto que você não encontra nenhuma referência a respeito da influência do Pai de Timóteo.

A única citação bíblica sobre o pai de Timóteo encontramos em Atos 16:1,2: “Chegou também a Derbe e Listra. E eis que estava ali certo discípulo por nome Timóteo, filho de uma judia crente, mas de pai grego; do qual davam bom testemunho os irmãos em Listra e Icônio”. 

Sua mãe era uma judia crente e seu pai era grego.

A Bíblia não entra em detalhes sobre a postura do pai, mas acredito realmente que a sua mãe Eunice não desanimou diante desta barreira. Ela assumiu a responsabilidade de educar Timóteo nos princípios da Palavra de Deus com muita dedicação!

Eu não sei quais as barreiras você tem enfrentado com mãe em seu lar. Talvez o seu marido não sirva ao Senhor e nem te ajuda, às vezes até atrapalha.

Não desanime! Ore por seus filhos, agindo segundo a orientação do Senhor!

A oração abrirá as portas que precisam, removerá as barreiras de suas vidas, aliviará as pressões, trará orientação, paz e consolo nas épocas de estresse e dificuldades.

"Levanta-te, clama de noite no princípio das vigias; derrama o teu coração como águas diante da presença do Senhor; levanta a ele as tuas mãos, pela vida de teus filhinhos...” (Lamentações 2:19)


2- PARA EXERCER UMA INFLUÊNCIA PODEROSA
SEJA UM EXEMPLO POSITIVO.

De uma forma ou de outra somos exemplos para os nossos filhos, seja positivo ou negativo.

O maior sermão que os nossos filhos poder ouvir é a nossa própria vida!

Eunice, a mãe de Timóteo era um exemplo positivo para ele.

Ela era exemplo de Fé! Possuía uma fé sem fingimento, autêntica!!

Autenticidade significa qualidade, condição ou caráter de autêntico, legitimidade.

Timóteo herdou o caráter de sua mãe! “Dele davam bom testemunho os irmãos em Listra e Icônio.” Atos 16:2.

Nós temos aprendido em nossa igreja que Caráter tem tudo a ver com a integridade de alguém!

É necessário salientar que quando falta integridade na vida de uma pessoa ela passa a ter duas caras, o seu caráter e a sua conduta passam a ser ambíguos.

A pessoa sem "INTEGRIDADE" vive de uma maneira na igreja, de outra na sociedade e de outra no trabalho. Ela não possui equilíbrio nas suas posições.

A Bíblia diz: "Melhor é o pobre que anda na sua integridade do que o perverso, nos seus caminhos, ainda que seja rico." Provérbios 28:6.
Como precisamos transmitir aos nossos filhos um caráter íntegro!!! Uma Fé sem fingimento!!! Essa mãe conseguiu transmitir isso!



3- PARA EXERCER UMA INFLUÊNCIA PODEROSA
É PRECISO PERPETUAR A BÊNÇÃO

O versículo 5 diz: “trazendo à memória a fé não fingida que há em ti, a qual habitou primeiro em tua avó Loide, e em tua mãe Eunice e estou certo de que também habita em ti”.

Neste texto percebemos que a bênção do Senhor se perpetuou nesta família e alcançou a outra geração.

Paulo cita a avó Loide que transmitiu a fé para a mãe de Timóteo, Eunice que por sua vez a transmitiu também a ele.

Timóteo tinha como legado a fé de seus antepassados!

O Apóstolo Pedro disse em 1 Pedro 1:18: “sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram,”.

Muitas pessoas tiveram dos seus pais um legado negativo que a bíblia chama de fútil procedimento. Alguns falam de uma maldição hereditária!

Quero lhe dizer algo que creio e que revolucionou a minha vida!

Eu não tive um legado de fé de meus pais. Eles não serviam a Deus e minha família era bem bagunçada! Mas um dia eu conheci a Jesus e Ele me transformou. Fui resgatado do fútil procedimento que meus pais me legaram através do sacrifício de Jesus! Aleluia!!!

Em Êxodo 20:4-6 nos ensina que Deus visita a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que o aborrecem. No entanto o mesmo texto diz em sua sequencia que Deus abençoa ou trata com bondade até mil gerações aos que o amam e obedecem aos seus mandamentos.

O poder da bênção é maior do que o poder de qualquer maldição ou legado familiar! Aleluia!!!

Quando você se propõe a seguir a Jesus em amor e obediência a Deus você pode mudar a história de sua família. Acredite! Isso aconteceu comigo!!!

CONCLUSÃO:

Muitos homens e mulheres que hoje servem a Cristo foram influenciados por suas mães. Mães que viveram a fé cristã de forma autêntica e que consagraram seus filhos ao Senhor!
Agostinho de Hipona , o grande Teólogo tinha uma mãe que dedicou a sua vida para a formação cristã e conversão dele a Cristo. Contudo, parecia que seus esforços tinham sido em vão.

Agostinho na sua juventude passou a viver uma vida de pecado e imoralidade, desrespeitou os ensinos de sua mãe e rebelou-se contra Deus.
Mas, um dia padecendo terrível agonia, lembrou-se das orações de sua mãe e arrependeu-se de seus pecados.

Mais tarde ele escreveu uma frase que definiria bem a atitude de sua mãe:

“A esperança tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem; a indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a coragem, a mudá-las”.

Pr. Gilberto Oliveira Rehder
Igreja Metodista Catalão-GO




sexta-feira, 11 de maio de 2018

MENTE RENOVADA E A DISCIPLINA DO PENSAMENTO



“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento”. Filipenses 4:8

Introdução: Na quinta-feira passada O Senhor colocou uma palavra em meu coração para ministrar para vocês sobre a necessidade de termos uma Mente Renovada como condição para experimentarmos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.  

Como sequência desta palavra quero conversar contigo sobre a Mente Renovada e a disciplina dos pensamentos!

Todos nós reconhecemos a importância da disciplina. Mas a maioria das pessoas acha que não têm controle sobre os seus pensamentos!

Mas não é isto que a bíblia nos diz. A palavra de Deus declara que devemos escolher os nossos pensamentos e isso é de nossa responsabilidade.

Saiba que Deus não prometeu arrancar de sua mente os maus pensamentos e colocar outros bons. Isso é de sua responsabilidade.

Você decide que tipo de pensamento vai te influenciar, é você quem proíbe ou permite. Se você fizer a opção de pensar de acordo com a Palavra de Deus, verá os resultados da Palavra de Deus em sua vida.

Dos 100% do que pensamos durante o nosso dia, grande parte são bobagens, são coisas fúteis, são maldades, discórdias, intrigas, medos, porcarias, impurezas, ou seja, são coisas negativas.

“O Salmista no Salmo 94:11 diz que Deus conhece os nossos pensamentos e que são fúteis”

Há um ditado popular bem conhecido que diz: “Mente vazia é oficina do diabo”, mas esta semana eu aprendi outra frase parecida com esta que diz: Mente com porcaria, oficina do diabo”

Outra confusão que muitos têm é em relação a ação do diabo na nossa mente.

O diabo não é onisciente, nem tão pouco pode decidir o que você deva pensar, Ele não sabe o que você e eu pensamos, todavia ele se utiliza de nossas fraquezas de nossas falhas de nossas brechas quando alimentamos e enchemos a mente de porcaria. Daí o sentido da frase acima, mente com porcaria oficina do diabo.

Por essa razão o apóstolo Paulo advertiu: “Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo.”  2 Coríntios 11:3.

A forma como conduzimos os nossos pensamentos e aquilo que colocamos dentro da nossa mente pode nos trazer bem ou mal, pode nos levar à saúde ou à doença, por isso cuidar dos nossos pensamentos é algo muito importante.

“Porque, como imagina em sua alma, assim ele é..”. Provérbios 23:7a

A Bíblia diz em Isaías 55.8, que os pensamentos de Deus não são os nossos pensamentos...E é aí que está o nosso desafio. Tornar os nossos pensamentos alinhados com os pensamentos de Deus!

Mas, como tornar os nossos pensamentos os pensamentos de Deus? Mas como cuidar de nossa mente?

Quando analisamos esta rica palavra, encontramos uma lista de valores que devem ocupar nossos pensamentos. São eles:

1- TUDO O QUE É VERDADEIRO.
“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. João 8.32

Devemos meditar naquilo que é verdadeiro. A mentira, o engano, a falsidade, a ilusão são instrumentos do inimigo de nossas almas.

A verdade liberta, a verdade edifica, a verdade transforma. Deus é verdadeiro, Jesus é a verdade, a Palavra de Deus é a verdade.

Não há santificação sem a verdade!

"Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade." (João 17:17)

Temos que nos livrar das mentiras que pautam os nossos pensamentos.

Sempre que cremos em uma mentira Satanás assume o controle de nossa mente. ( Ele é o Pai da mentira: João 8:44)

1. "Você é um fracasso. Você jamais vai conseguir".
A mentira da autocondenação é uma das principais armas de Satanás. Você pode lutar com sentimentos de culpa, fracasso ou inferioridade. Satanás o fará crer que suas falhas são imperdoáveis.

2. "Todo mundo faz! Porque você não faz também”.
Você não é todo mundo! Você é um filho ou uma filha do Altíssimo Deus. Deus quer que você seja o sal desta terra e a luz deste mundo!!

3- “Onde está o teu Deus nestas horas”
“As minhas lágrimas têm sido o meu alimento dia e noite, enquanto me dizem continuamente: O teu Deus, onde está?” (Salmo 42.3)

Esta é a mentira que coloca dúvida à respeito do amor e da presença de Deus em nossas vidas quando sofremos! 
“Quando passares pelas águas, Eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando caminhares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti”. Isaías 43:2

             
2- TUDO O QUE É RESPEITÁVEL
Nossos pensamentos deve focalizar o que respeitável. Não devemos ocupar nossa mente com futilidades ou atitudes irreverentes, mas no que é digno de respeito.

A palavra reverente vem do termo reverenciar. Ela está ligada claramente a ter respeito por alguém ou por alguma coisa, a ter estima, reconhecimento.

Com relação a Deus, ser reverente é respeitá-Lo e temê-Lo por tudo que Ele é, por tudo que Ele representa e faz e nos é revelado sobre Ele na Bíblia.

Note, por exemplo, quando Deus chama Moisés: “Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa. Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus” (Êxodo 3:5-6).

Note como Deus exige de Moisés uma atitude de respeito perante Ele, diante de quem Ele era. Moisés entende diante de quem estava e no lugar onde Deus estava presente e se mostra reverente.

O respeito é uma marca da vida daquele que teme ao Senhor.
                                                                                                 
3-TUDO O QUE É JUSTO
Temos que nos livrar de pensamentos incorretos e desonestos, que nos levarão ao fracasso espiritual e moral.

Jamais deve passar pela nossa mente trazer prejuízo para alguém, nem mesmo para os nossos desafetos.

Prov. 15:8 “O sacrifício dos perversos é abominável ao SENHOR, mas a oração dos retos (justos) é o seu contentamento”.

Tiago 5:16 “Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo”.

4-TUDO O QUE É PURO
Devemos pensar em tudo o que é puro. Nossa imaginação não deve percorrer os lugares sujos da imoralidade, da impureza, da sensualidade.

Salmo 119:9,10 “Como pode um jovem conservar puro o seu caminho? Vivendo-o de acordo com a tua Palavra. De todo o coração eu te procurei: não deixes que me afaste de teus mandamentos!”

Temos que nos livrar de toda a malícia e pensamentos impuros.

A prostituição e o adultério começam em nossa mente.

2 Cor. 7.1  “Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus.”

                                                                                                               
5- TUDO O QUE É AMÁVEL
Colos. 3.14   “acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição..” 

Que o meditar do nosso coração repouse naquilo que é amável. Não devemos nutrir em nosso coração pensamentos de julgamento precipitado e desejo de vingança.

Que nossos pensamentos não nos levem a produzir ações que gerem condenação e desprezo.

Deus nos chama a amar a todos. Que nossa criatividade seja usada para pensar em maneiras mais eficazes de expressar o amor de Deus aos outros.

Que sejamos mais tolerantes e afáveis, mesmo com os ignorantes e grosseiros que nos cercam e marcam com sua estupidez e intolerância!

Temos que entender que a amargura, o ressentimento, o ódio e as contendas se formam em primeiro lugar em nosso coração.

Temos que nos livrar destes sentimentos.


6- TUDO O QUE É DE BOA FAMA.
Somos exortamos a pensar no que produz boa fama.

Creio que boa fama está relacionada ao nosso testemunho no mundo e dentro de nossa própria casa.

1 Cor. 15:34  “Tornai-vos à sobriedade, como é justo, e não pequeis; porque alguns ainda não têm conhecimento de Deus; isto digo para vergonha vossa”.

 “O bom testemunho do cristão é a maior pregação do evangelho”

Que os nossos pensamentos sejam direcionados em como podemos dar um bom testemunho de Cristo ao mundo!

Que sejamos conhecidos pela Paz de Cristo que nos motiva a prosseguir e a dar bom testemunho.



7-TUDO O QUE TEM VIRTUDE
Os seus pensamentos devem leva-lo a um alto padrão de valores espirituais e morais.

Virtude é uma qualidade moral, um atributo positivo de um indivíduo.

Virtude é a disposição de um indivíduo de praticar o bem; e não é apenas uma característica, trata-se de uma verdadeira inclinação, virtudes são todos os hábitos constantes que levam o homem para o caminho do bem.

2 Pedro 1:5-8
5 por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento;
6 com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade;
7 com a piedade, a fraternidade; com a fraternidade, o amor.
8 Porque estas coisas, existindo em vós e em vós aumentando, fazem com que não sejais nem inativos, nem infrutuosos no pleno conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo.

Nada daquilo que prejudica e rebaixa você e a outras pessoas pode estar em sua mente.

8- TUDO QUE TEM LOUVOR
O que pensamos deve trazer louvor a Deus.  

1 Cor. 10.31“Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”.

Letra da música: “Meu pensamento é para ti Senhor...”

CONCLUSÃO:

Sendo assim, não nos conformemos com pensamentos indisciplinados.

Consagremos nossa mente a Cristo, não permitindo que pensamentos outros ocupem o espaço que pertence de direito ao nosso soberano Senhor.

Que a palavra de Deus habite ricamente em nós produzindo a prática de ações que glorifiquem a Deus. E, assim, experimentaremos a comunhão do Deus cuja paz enche nossos corações, além de toda a imaginação.

Oração:  "Pai celestial, eu te agradeço por teres me dado a mente de Cristo. Eu reafirmo a minha liberdade e declaro que não serei preso (a) por pensamentos enganosos. Eu lanço fora de minha mente todo raciocínio, todo pensamento, toda imagem que se levanta contra a verdade de Deus. Eu levo cativo todo pensamento à obediência de Cristo. Eu faço a escolha de encher minha mente com a verdade e ordeno aos meus pensamentos que se alinhem à palavra de Deus. Eu rejeito toda fortaleza de mentira em minha alma, principalmente os pensamentos que tentam impedir que eu experimente o amor de Deus de uma forma plena”.


Pr. Gilberto Oliveira Rehder
Igreja Metodista Catalão-GO

quinta-feira, 10 de maio de 2018

A MENTE RENOVADA E A VONTADE DE DEUS



“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Rm 12.2

Introdução: Graça e Paz irmãos! Eu gostaria de compartilhar um assunto que certamente você já tenha ouvido várias vezes.

Ontem mesmo em nossa reunião de oração a nossa irmã Carol nos trouxe uma palavra muito abençoada sobre Experimentarmos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Ela compartilhou para nós uma dinâmica bem interessante que ela e o Geórgeres fizeram com as crianças no culto infantil no domingo passado.

Eles trouxeram uma lata de brigadeiro para eles e disseram que aquela lata representava a vontade de Deus que é boa, agradável e perfeita. Mas aquela lata estava nas mãos do Geórgeres que simbolizava a Deus. E é Deus quem reparte as suas bênçãos de acordo com Sua vontade!

Ele abriria a lata e moldaria três tipos de brigadeiros: um pequeno, um médio e um grande. E a Carol lentou perguntou às crianças: qual destes brigadeiros você mais deseja. É claro que todos responderam o que é o maior!

Daí veio a aplicação da lição: Nem sempre o que eu acho que é melhor para mim, é da vontade de Deus para minha vida.  Para cada um de nós Deus tem reservado uma medida (uma porção) que irá nos fazer bem! Ele sabe bem que alguns não podem comer um grande brigadeiro porque poderá fazer mal e dar uma grande dor de barriga.

Muitas vezes ficamos até chateados com Deus ou com ciúmes de outros irmãos, porque Ele deu um brigadeiro maior para o outro e eu recebi o pequenininho. 

E a verdade precisa ser dita: “Deus sabe o que é bom, agradável e perfeito para mim...” E para que eu também saiba a vontade de Deus e mais que isso a experimente, eu preciso ser transformado pela renovação da minha mente!

O que nos impede de experimentarmos a plena vontade de Deus em nossa vida é uma mente não renovada.

“não são as circunstâncias exteriores ou as dificuldades que enfrentamos os responsáveis por esse impedimento; antes o que impede é a nossa MENTE, ou seja, por ela não ter ou estar passando pelo processo de renovação que Deus deseja para seus filhos, ela tem o poder de interferir na vontade e nas emoções, ou seja, sempre iremos reagir às circunstâncias de acordo com o que há em nossa na mente. Por isso, a Mente: Precisa experimentar a renovação; a Vontade: Necessita submeter-se a Deus  e a Emoção: Carece de estabilidade!” Watchman Nee

Como então, podemos nos transformar pela renovação da nossa mente?


1- RENOVE SUA MENTE PELA PALAVRA DE DEUS.

“Renovar a mente é conhecer coisas novas, que não se descobre pela razão, mas pelo Espírito Santo” (Daniel Lopez).

O Espírito Santo me revela a Palavra de Deus! Pois é na Palavra de Deus que eu posso descobrir e viver na Sua perfeita vontade!

Jesus disse sobre o Espírito Santo:

“Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir”. João 16:13

Renovar a mente é julgar todas as coisas conforme a palavra genuína e verdadeira. É considerar apenas a verdade e nada mais. É desestabilizar o seu conhecimento para assumir a visão celestial em relação a alguma coisa. É pensar unicamente na verdade da palavra de Deus e em como praticar a sua verdade.

Renovar a mente implica em mudança de padrões, de pensamentos, de estilo de vida contrário aos princípios de Deus e, consequentemente, implica em renúncia.

II- RENUNCIE O VELHO HOMEM

“Quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe  pelas concupiscências do engano; E vos renoveis no espírito da vossa mente”.  Efésios 4:22-23

NVI- “ Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar..” Efésios 4:22,23

Renunciar é o maior exemplo de crucificação do próprio eu, pois implica em deixar de fazer a própria vontade para fazer a vontade soberana de Deus. É abrir mão de argumentos como: “eu sou assim mesmo”, “Eu nasci assim e não posso mudar”, “esse é meu jeito de ser”.

O que significa isso? Paulo quer dizer que, o velho homem, em termos absolutos, do ponto de vista da verdade, já foi crucificado com Cristo e terminou a sua carreira. Esse é o fato, essa é a verdade.

Mas, ainda o velho homem habita em minha mente. Tenho que me despojar do velho homem.

EU PRECISO TIRAR O VELHO HOMEM DE MINHA MENTE, isto é, os pensamentos, conceitos e crenças associados com ele. Quando nascemos, nossa mente é como uma folha em branco. À medida que crescemos, o mundo que nos rodeia vai escrevendo nela, e vai estruturando a sua imagem. Suas ideias, conceitos e crenças são gravadas profundamente em nossas mentes, e em seguida passam a governar as nossas emoções  e vontade.

A nossa mente precisa passar por uma faxina, ela precisa SER limpa da sujeira que o mundo, o diabo e os homens lançaram sobre ela desde que nascemos e isso só ocorre pelo processo de RENOVAÇÃO que vem pela Palavra de Deus.

Quando nos submetemos a renovação da nossa mente ela estará livre para experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus!


III- FAÇA A SUA PARTE PARA A TRANSFORMAÇÃO
“transformai-vos...”

Deus deseja que colaboremos com ele em nossa transformação.

A palavra grega que foi traduzida aqui como transformai-vos, é utilizada habitualmente no estudo dos insetos, que é metamorfose.

O grande teólogo puritano John Owen afirmou que o Espírito Santo opera em nós e conosco, mas nunca sem nós.

Compreender isto é fundamental.  

- Precisamos reservar tempo para buscarmos a Deus com qualidade!
- Precisamos ler a Palavra e estudá-la.
- Precisamos nos santificar..

Duas verdades devemos aprender sobre esta Transformação:

1- A transformação é um processo. Quando confiamos em Deus e cremos em sua Palavra, damos a ele liberdade para transformar nossos corações e mentes.

Mas é preciso entender que essa mudança não acontece toda de uma vez. É um processo.

2- A Transformação é pela Glória de Deus.

2 Coríntios 3.18 – “E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito”.

GLÓRIA – É a majestade e o brilho que acompanham a revelação da presença e do poder de Deus.

A nossa vida deve ser transformada dia a dia, de gloria em gloria, com o objetivo do Pai e nos fazer como Jesus.

CONCLUSÃO:

Ore nesta noite para que você experimente com mais intensidade a transformação pela renovação de sua mente!

Seja ousado e não temas orar para que Deus faça prevalecer a Sua vontade em sua vida e família!

“Muitas pessoas têm medo de orar e perguntar a Deus qual é a vontade dEle, pois acham que Ele irá frustrar os seus planos. Isso acontece porque elas ainda não têm uma ideia clara do caráter de Deus.” Pr. Antônio Júnior

Deus é tão perfeito, que sabe exatamente do que precisamos para nos tornarmos pessoas melhores. E pra viver a sua vontade, às vezes será necessário abrir mão do nosso conforto, dos nossos mimos, enfim, abrir mão de nossas vontades.

Precisamos saber o que queremos! Queremos simplesmente saber a vontade de Deus ou queremos viver (experimentar) a vontade de Deus?

E a bíblia nos deixa claro que pra viver a Vontade de DEUS, teremos que estar dispostos a encarar desafios.

Pra viver a vontade de Deus…  Abraão precisou sair da sua cidade e ir pra um lugar que não conhecia.

Pra viver a vontade de DEUS…  Ana chorou, passou por grandes desafios, orou… e viu Samuel nascer.

Pra viver a vontade de Deus…  Daniel precisou dizer não ao REi e viveu um milagre junto aos leões.

Pra viver a vontade de Deus…  Ester precisou entrar na presença do Rei, sabendo que poderia morrer.

Pra viver a vontade de DEUS…  José foi preso, porque fugiu do pecado.


Pr. Gilberto Oliveira Rehder
Igreja Metodista Catalão-GO