quarta-feira, 26 de março de 2014

QUANDO OFENDEMOS OU SOMOS OFENDIDOS

“O irmão ofendido resiste mais que uma fortaleza; suas contendas são ferrolhos de um castelo”. Provérbios 18.19

Em minha experiência ministerial tenho me deparado com algumas situações difíceis de tratar como pastor e conselheiro. Uma delas trata-se das ofensas entre irmãos na fé ou familiares. Nem sempre conseguimos atingir o alvo que é o perdão e a reconciliação entre as partes, pois a natureza humana com o seu orgulho e razão na maioria das vezes resiste fortemente aos conselhos da Palavra de Deus.  A bíblia diz justamente isso: “O irmão ofendido resiste mais que uma fortaleza...” na Nova Tradução na Linguagem de Hoje trás o verso acima assim: "É mais difícil ganhar de novo a amizade de um amigo ofendido do que conquistar uma fortaleza; as discussões estragam as amizades."
A ofensa é capaz de colocar um irmão numa atitude de resistência permanente. O seu coração, se fecha e se tranca. Satanás sabe que mágoas guardadas no coração em decorrência das ofensas sofridas acabam se constituindo em verdadeiras muralhas de resistência, que se consolidam ainda mais com o passar do tempo. Por isso a bíblia diz: “Atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura que, brotando vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados.” Hebreus 12:15. 
Esse sentimento de amargura se instala no solo do coração e lança suas raízes trazendo perturbação para a alma e contaminação para os que vivem ao redor.
Quando somos ofendidos precisamos expulsar de nossos corações toda mágoa, porque dão forças para satanás agir em nossas vidas ( 2 Cor. 2:10,11). Se uma pessoa te fez mal, conte para Deus, não peça punição, mas peça para Ele te livrar desses sentimentos. Assim como você não quer que os outros te odeiem, te tratem mal, te olhem com cara feia ou te julguem, peça a Deus para você não fazer isso com os outros. ( veja estes textos: Rom 12:14-21; Coloss. 3:13; Lc. 6:37)
Quando ofendemos alguém precisamos nos arrepender e pedir perdão a Deus e para a pessoa ofendida. Tratando-se de ofensas, todos nós já ofendemos alguém quer de forma consciente ou não. Ofender significa: Violar uma lei divina, pecar, causar constrangimento ou magoar; também desagradar ou aborrecer alguém. Por isso, como discípulos de Jesus temos que buscar a todo custo viver o maior mandamento do Senhor: O AMOR!
Se realmente amarmos uns aos outros como Jesus nos ensinou, haverá mais respeito, doação, edificação, comunhão, apoio, solidariedade, salvação e justiça; abriremos mão de atitudes que ferem e ofendem as pessoas como as insinuações, fofocas, julgamentos, brincadeiras sem graça, preconceitos, desonestidades, injustiças, desobediências e maledicências.
Seja qual for a situação que você estiver vivendo hoje, não permita que o teu coração se distancie da graça de Deus. Guarde (cuide, proteja, blinde) o teu coração como diz em Provérbios 4.23  "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida".


Pr. Gilberto Oliveira Rehder.

Um comentário: