quinta-feira, 3 de julho de 2014

SINTOMAS DE UM DOENTE ESPIRITUAL

" Acaso, não há bálsamo em Gileade? Ou não há lá médico? Por que, pois, não se realizou a cura da filha do meu povo? Jeremias 8.22  

Por esses dias tenho andado com uma gripe que insiste em permanecer em mim.  Por conta disso tive que me cuidar mais. Mas não sou o único a lutar contra esta inhaca; tenho encontrado vários irmãos “constipados” por ai.  Assim como ficamos doentes fisicamente podemos também ficar espiritualmente. Não estou falando da doença do pecado original que todo ser-humano tem, mas sim daquela em que o salvo em Jesus Cristo, que conhece bem a verdade, está propicio a passar; a doença causada pelo pecado consciente e pelo afastamento de Deus.
Muitas vezes nos afastamos de Deus por conta de frustrações, tristezas e magoas. Achamos mil desculpas para as nossas atitudes e acabamos caindo em tentação.  Mas o pior de tudo é quando nos acostumamos aos pecados que cometemos diariamente e não nos arrependemos. Essa doença espiritual tem a capacidade de endurecer o nosso coração de tal forma que nos afastamos do Deus vivo. Por isso o autor de Hebreus alerta: “Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo.”  Hebreus 3.12
Da mesma maneira que uma doença se conhece pelos seus sintomas, a doença espiritual se conhece pelos seguintes sintomas:
1- Deixar de congregar. “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima”. Heb. 10:25. Apenas frequentar o templo não significa congregar. Congregar é quando nos reunimos para exortar um ao outro como diz no versículo 24 dessa mesma passagem. Sentar do lado das pessoas e não ajudá-las, não estar comprometido com a igreja local é o mesmo que assistir um culto pela tv ou internet.
Para nos manter firmes em Cristo, precisamos uns dos outros. Com certeza o cristão adoecido não conhece a alegria da comunhão com outros cristãos e por isso acaba se isolando.
2- O amor ao mundo. “Porque Demas, tendo amado o presente século, me abandonou..” II Timóteo 4:10.  Demas não só abandonou Paulo; ele abandonou o próprio Deus! O “presente século” se refere ao tempo atual, à modernidade, às coisas que este mundo oferece para aqueles que contentam-se somente com o que podem aproveitar nesta vida (sexo fácil, drogas, bebidas, vaidades, riquezas, poder, luxo, diversão livre, etc.). O afastamento de Demas aconteceu por uma única razão: o amor de Cristo não era completo em seu coração. Infelizmente existem muitos como Demas: pessoas com corações divididos, pensamento dividido entre Deus e o mundo.
3- O orgulho.A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda”. Provérbios 16.18. Além de provocar a queda de muitos cristãos, o orgulho também tem sido o  principal motivo de muitos resistirem à possibilidade de arrependimento e retorno para os caminhos do Senhor. O orgulho já impediu que muitas pessoas se entregassem a Jesus como seu Salvador e Senhor pessoal. Recusar a admitir o próprio pecado e que não podemos fazer nada com os nossos próprios esforços para merecer a vida eterna tem sido uma pedra de tropeço para muitas pessoas.
Certamente há outros sintomas desta doença que não foram abordados aqui, no entanto, quero dizer que a possibilidade de cura e restauração espiritual existe. Deus, como o Pai da parábola do filho pródigo continua a esperar o retorno do filho que se perdeu. Se você está doente espiritualmente, saiba que Jesus te ama e só ele pode te curar!

Em Cristo,


Pr. Gilberto Oliveira Rehder

Um comentário: