sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

NÃO RECORREU AO SENHOR, MAS CONFIOU NOS MÉDICOS.


"No trigésimo nono ano do seu reinado, caiu Asa doente dos pés; a sua doença era em extremo grave; contudo, na sua enfermidade não recorreu ao SENHOR, mas confiou nos médicos" (2 Crônicas 16:12)

A primeira vez que li este texto fiquei chocado. Quem conhece a trajetória do rei Asa, sabe que ele começou bem o seu reinado. Buscando e confiando no Senhor ele promoveu uma grande reforma espiritual que resultou em um período de paz. (ver capítulos 14 e 15 de 2 Crônicas). No entanto esta atitude durou apenas por um tempo; como boa parte dos seres humanos, ele não prosseguiu recorrendo a Deus.
O período de paz que experimentou em seu reinado não foi suficiente para mantê-lo confiando em Deus. Como consequência de desprezar a direção de Deus em sua vida, ele passou a cometer uma sucessão de erros que lhe custaram muito caro a ele e a toda a nação.
Agora, o rei está com uma doença extremamente grave; o texto não diz qual, mas diz que era em seus pés. O seu sofrimento, porém, não amoleceu o seu coração, não foi suficiente para leva-lo a buscar a Deus; antes como diz a bíblia: “na sua enfermidade não recorreu ao SENHOR, mas confiou nos médicos" (2 Crônicas 16:12)
Talvez você pergunte: Será que Deus o censurou por ter buscado a ajuda dos médicos? Será que é errado recorrermos à medicina para tratamento de nossas enfermidades?  É claro que não amados! O que ocorreu com o rei Asa é que ele excluiu a Deus totalmente de sua vida. Em um momento difícil como este que estava passando seria “natural” que ele se voltasse para Deus, mas isso não aconteceu.
A Bíblia de maneira alguma nos proíbe de buscar tratamento médico para sararmos das enfermidades. Há vários versículos que falam de usar “tratamentos médicos” (Isaías 1:6; Lucas 10:34; Ezequiel 47:12; 1 Timóteo 5:23; Jeremias 8:22). O que precisamos entender é que Deus espera que confiemos Nele o tempo todo, como diz o Salmo 62:8. Deus tem poder para nos curar, tanto pelo milagre da medicina, como por seu poder direto. O caminho por onde vem a nossa cura pertence tão somente a Ele (Isaías 55:9)
O que precisa ficar claro para nós é que quando estamos doentes, sempre precisamos buscar em primeiro lugar a Deus, sem dispensar irresponsavelmente os profissionais da saúde. Como doentes, não podemos nos apegar aos profissionais da saúde como única solução e dispensar a Deus. O rei simplesmente dispensou a Deus por causa da dureza de seu coração.
Os médicos podem ser vistos como presentes de Deus para nós; um meio pelo qual Deus nos traz cura e recuperação. Ao mesmo tempo, a nossa fé e confiança devem estar em Deus. Não sei qual o problema que você pode estar enfrentando hoje; seja ele grave ou não; confie sempre o Senhor!

Em Cristo e Por Cristo!


Pr. Gilberto Oliveira Rehder

Um comentário: